Seu portal de Notícias, Festas e Eventos.

Lei municipal que cria banco de ração e utensílios para animais é constitucional, decide OE

A ação foi ajuizada pelo prefeito de Piracicaba, que alegou que a norma impõe à Administração Pública deveres e atribuições e está desacompanhada de estimativa de impacto orçamentário.

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo declarou, por unanimidade, a constitucionalidade da Lei nº 9.979/23, do Município de Piracicaba, que dispõe sobre a criação do “Programa Banco de Ração e Utensílios para Proteção de Animais”, com o intuito de oferecer alimentos e utensílios como guias, coleiras e remédios a tutores e cuidadores cadastrados ou em vulnerabilidade social, ONG’s e animais em situação de abandono.

 

 

A ação foi ajuizada pelo prefeito de Piracicaba, que alegou que a norma impõe à Administração Pública deveres e atribuições e está desacompanhada de estimativa de impacto orçamentário. 

 

A relatora da ação, desembargadora Luciana Bresciani, no entanto, destacou que o OE já admitiu, uniformemente, a imposição, pelo Poder Legislativo local, de obrigação genérica ao Poder Executivo relacionada à instituição de banco de ração e acessórios visando ao bem-estar e à proteção animal. “Isso porque a mera instituição do banco não trata de matéria reservada à Administração Pública, limitando-se a concretizar valores sociais e interesses locais relevantes."

 

A magistrada também esclareceu que a lei em questão, embora tenha instituído banco de ração e de utensílios, não impôs obrigações acessórias extensas e detalhadas ao Poder Executivo. “Nesse contexto, não há de se falar em ofensa aos princípios da separação de Poderes ou da reserva da Administração”, concluiu.

Fonte: Tribunal de Justiça de São Paulo

Postagem: 13 Mar. 2024

Outras notícias

PM Ambiental detêm dupla e apreende balões em SP

Os suspeitos foram autuados pelo crime ambiental de soltura de balões e conduzidos ao 14º Distrito Policial, onde prestaram depoimentos.

15 Abr. 2024

Abril Azul: Conscientização e combate à discriminação sobre o Transtorno do Espectro Autista

Cada pessoa autista é única e nem todos têm as mesmas características. No entanto, alguns comportamentos comuns são o apego excessivo a rotinas, ações repetitivas, uso recorrente de linguagem, forte interesse em coisas específicas, entre outras.

15 Abr. 2024

Destaque1000.com.br

Todos os direitos reservados. 2005 / 2024
Desenvolvido por artistadaweb AW